A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Início / Anápolis / Primeira-dama e prefeito idealizam projeto inovador de voluntariado em Anápolis

Primeira-dama e prefeito idealizam projeto inovador de voluntariado em Anápolis

Vivian Naves pouco aparece em veículos de comunicação, não discursa muito e geralmente está longe dos holofotes quando comparece aos eventos sociais. Seu trabalho como protagonista de ações sociais voltadas à comunidade não precisa de flashes. E foi nos bastidores, na articulação junto ao seu marido, o prefeito Roberto Naves, que Vivian conseguiu suporte necessário para concretizar seu grande projeto de incentivo ao voluntariado no município.

O blog Linha Editorial teve acesso a partes do projeto, cujo lançamento será em janeiro. Uma plataforma online, ainda em criação, será colocada em execução. Voluntários da cidade poderão se cadastrar e informar, por exemplo, em que instituição querem atuar e qual tipo de serviços podem oferecer para a cidade. A iniciativa, liderada pela primeira-dama em parceria com o Executivo, já tem respaldo legal e aguarda apenas alguns ajustes para poder servir de suporte a ações sociais feitas por meio de parcerias entre o município e a sociedade civil. A Lei 3.954, sancionada por Roberto Naves em abril deste ano, promoveu a desburocratização do trabalho voluntário na cidade.

O sistema conterá informações como nome do voluntário, profissão e até quantas horas o cidadão pode dispor para o voluntariado. Vivian Naves disse com exclusividade ao blog o nome do projeto e o tipo de plataforma que será usada, mas pediu segredo de informação para que o andamento da proposta não seja prejudicado. Em respeito ao pedido da primeira-dama, este blog manterá as informações em segredo. Fazendo assim, a Linha Editorial contribui com este projeto, relevante para o desenvolvimento social na cidade.

Sobre o voluntariado na cidade, Roberto Naves detalhou à Linha Editorial que “já funciona muito na nossa cidade” e que, após a sanção da Lei do Voluntariado, “qualquer cidadão pode trabalhar voluntariamente para a Prefeitura”.

Empresas e pessoas físicas poderão se cadastrar no sistema online de cadastro dos voluntários. Parcerias público-privadas serão incentivadas e cadastradas no mecanismo de voluntariado que está em elaboração.

Cidadão fiscal

Paralelamente à plataforma de gestão do voluntariado, um sistema, batizado de ‘Mais Anápolis’, está sendo pensado pela Prefeitura para que os cidadãos informem sobre problemas da sua região. No caso de buracos na rua, será possível informar a necessidade ao departamento responsável, que dará andamento à ordem de serviço do trabalho. É um meio de diminuir a burocracia do processo, já que o mecanismo funcionará online.

Para o município, é uma forma de antecipar problemas e evitar os gastos com o deslocamento de equipes para verificar ocorrências. Conforme já mencionado, a ordem de serviço será dada pelo cidadão diretamente ao responsável pela área. Se um aparelho parar de funcionar dentro de uma unidade básica de saúde, por exemplo, bastará um clique para comunicar a avaria às autoridades. O cidadão também poderá enviar fotos da situação. Roberto Naves terá acesso ao sistema e acompanhará do gabinete o andamento da resolução dos problemas.

Conforme o blog apurou, uma equipe da Prefeitura já criou a plataforma, que está na fase de testes. Em torno de 50 pessoas escolhidas pelo gabinete municipal conferem os erros e apontam os ajustes que precisam ser feitos. O prefeito Roberto Naves destacou que o sistema, que funcionará por meio de um aplicativo, será um “meio mais rápido” para resolver problemas das diversas regiões de Anápolis. Assim que o problema local for informado ao setor responsável, a equipe da Prefeitura que for acionada terá 48 horas para resolver a situação. “Não é um sistema que envia uma mensagem para o prefeito ou para o secretário. O cidadão envia o problema através do sistema e a ordem de serviço é dada imediatamente”, elucidou o prefeito Naves.

O que o blog pensa

Roberto e Vivian Naves demonstram estar em sintonia com modelos colaborativos de gestão pública. Ao proporem parcerias com a iniciativa privada e sociedade civil, ampliam as possibilidades para concretização de projetos municipais que, somente com recursos públicos, não seriam viáveis. Em um momento de crise econômica nacional, em que as prefeituras amargam a diminuição dos recursos disponíveis, o Executivo anapolino pode encontrar aliados para diversas iniciativas que beneficiem a população.

Por outro lado, o desafio de encontrar voluntários não será fácil. A Prefeitura de Anápolis deverá driblar a descrença que muitos cidadãos têm em relação ao Poder Público. Para contornar essa situação, alianças precisam ser feitas com igrejas, empresas, associações, organizações, representantes da sociedade civil e demais pessoas que tenham poder de influência junto à população. Roberto Naves informou ao blog que essas parcerias serão buscadas. Sozinha, a Prefeitura pode não conseguir o apoio de que necessita. E, a exemplo da exitosa campanha contra a dengue, em que o município e a sociedade conseguem, a cada ano, reduzir os índices da doença na cidade, será preciso uma força-tarefa para reforçar o voluntariado.

Fonte: Linha Editorial

Sobre bruna

Veja também

Assinado primeiro contrato do Goiás Empreendedor

Assinatura ocorreu durante transferência da Capital e disponibilizará microcrédito no valor de R$ 13.800,00, subsidiado …