A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Início / Destaque / Assinado primeiro contrato do Goiás Empreendedor

Assinado primeiro contrato do Goiás Empreendedor

Assinatura ocorreu durante transferência da Capital e disponibilizará microcrédito no valor de R$ 13.800,00, subsidiado a taxa de juros mensal de 0,25%, carência de 3 meses, dividida em 36 parcelas

A primeira operação de empréstimo do programa Goiás Empreendedor foi realizada na cidade de Goiás, durante a solenidade de transferência da capital. O contrato foi assinado nesta quinta-feira, dia 25/7, pelo governador Ronaldo Caiado, pela primeira-dama Gracinha Caiado, pelo vice-governador Lincoln Tejota, pelo secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais, pelo presidente da Goiás Fomento, Rivael Aguiar, e, como testemunha, pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Walter Carlos Lemes.

O pontapé inicial do programa foi dado pela empresária Tânia Cris Silvério da Silva, de 32 anos, cuja especialidade é a confecção de películas de unha. O segmento econômico da empresa é o de estética, um dos que mais crescem no País. A cliente contou que a abertura do próprio negócio foi uma reação às dificuldades financeiras enfrentadas por ela e pela família.

Segundo Tânia, no começo do empreendimento chegou a virar a noite trabalhando para conseguir fazer toda mercadoria para entregar em tempo hábil e se consolidar no mercado.

“Eu tive a iniciativa de abrir meu próprio negócio para complementar a renda da casa, porque foi numa época que meu esposo tinha perdido o emprego. No final das contas consegui manter sozinha as despesas durante dois anos”, explica.

A linha de crédito solicitada para essa operação foi a de Micro Crédito, que tem taxa de juros mensal de 0,25%, carência de 3 meses, dividida em 36 parcelas. A intenção de Tânia é comprar uma máquina, no valor de R$ 13.800,00, que auxilia na confecção e diminui o custo das películas de unha.

“Além de conseguir produzir muito mais e ter mercadoria para vender para outras cidades, o custo do meu produto vai cair consideravelmente”, diz.

Atualmente, a microempresa de Tânia emprega 5 pessoas. Com o aumento da produção, ela conseguirá empregar de imediato mais duas pessoas. Animada, a empresária projeta novos investimentos nos negócios em breve.

“Eu só tenho que agradecer a atenção da equipe do Goiás Empreendedor”, completa.

O secretário Wilder Morais, que acompanhou toda a negociação até o fechamento da operação, ficou bem animado com o alcance do programa.

“Esse é exatamente o tipo de atendimento que vamos fazer e que vamos levar para todos os municípios de Goiás. Temos que dar aos goianos a oportunidade de ter o próprio negócio, de gerar empregos nas suas cidades e ajudar no desenvolvimento do nosso Estado”, diz.

Assim que assinou o contrato da primeira operação do Goiás Empreendedor, o governador Ronaldo Caiado agradeceu a empresária Tânia por confiar no programa e contribuir com desenvolvimento do empreendedorismo de Goiás.

“Parabéns, Tânia, você reflete o sentimento de satisfação do governo”, disse.

O governador ainda completou observando que “o maior projeto social que existe é a geração de emprego”.

A previsão é de que em cerca de 15 dias a empresária já tenha comprado a máquina e já esteja em produção. Além da linha de crédito, ela também contará com o apoio técnico dos órgãos parceiros para orientações administrativas durante o período de fruição do empréstimo.

Expectativa é atender 14 mil pessoas em 1 ano

Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo oferecendo novas linhas de crédito a empresários goianos de todos os perfis para impulsionar seus negócios, o programa Goiás Empreendedor foi lançado na terça-feira, dia 23/7, pelo governador Ronaldo Caiado e o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais. A expectativa é que a partir do programa 14 mil pessoas possam ser atendidas em um ano dentro de um crédito subsidiado, outros com taxa zero.

A previsão é de que haverá um agente local em todos os municípios goianos para assessorar os interessados em aderirem ao programa. A iniciativa deve movimentar a economia e oferecer oportunidades, reduzindo burocracias. São três linhas oferecidas: Micro Crédito (taxa zero até R$ 3 mil, e 0,25% ao mês, entre R$ 3 mil e R$ 15 mil); Crédito Produtivo (até R$ 50 mil com taxa de 0,5% ao mês) e FCO até R$ 100 mil (taxa a partir de 0,51% ao mês, seguindo as regras do FCO).

Nessa fase inicial, o Goiás Empreendedor terá até R$ 150 milhões disponíveis para operação a partir de um convênio firmado com a GoiásFomento. Paralelo a isso, a SIC prepara uma caravana que percorrerá o interior do Estado com especialistas e estrutura completa para atender o cidadão. Serão oferecidos cursos de capacitação técnica e direções sobre investimentos, ou seja, um suporte para que o empresário se sinta seguro para abrir ou ampliar o seu negócio.

Fonte: Diário de Noticias Goias

Sobre bruna

Veja também

Vereador Jairo encaminha pedido de recuperação de rodovias

Mesmo estando em período de recesso parlamentar, o vereador Jairo José Teodoro, de Ceres, segue buscando …