A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Início / Destaque / Corrupção: Rachadinha desviou R$ 450 mil na Câmara de Goiatuba

Corrupção: Rachadinha desviou R$ 450 mil na Câmara de Goiatuba

Investigação durou seis meses e apurou que o grupo atuou de forma ordenada de 2017 a 2020


Além de três vereadores, foram indiciados cinco particulares envolvidos no esquema fraudulento, pela prática de peculato, cujas penas máximas somadas superam 12 anos de reclusão. Inquérito policial concluído nesta quarta-feira será remetido ao Poder Judiciário

Por Manoel Messias Rodrigues

Após seis meses de investigação, a Delegacia de Polícia de Goiatuba indiciou três vereadores do município por terem supostamente desviado vultosa quantia dos cofres públicos. Os vereadores foram indiciados por vários atos de peculato.

A investigação policial apurou que o grupo atuou de forma ordenada, entre os anos de 2017 a 2020, período em que foram desviados aproximadamente R$ 250 mil da Câmara dos Vereadores de Goiatuba, somente por meio de um dos funcionários indicados pelo vereador.

Parte desse montante foi utilizada, até mesmo, para o pagamento da cirurgia cesárea do filho de um dos vereadores, outra parte foi direcionada à aquisição de um imóvel na cidade. Outro valor foi depositado na conta de um amigo de um dos vereadores e o restante foi sacado na boca do caixa por servidores que trabalhavam para o vereador investigado.

O esquema consistia na indicação de particulares para trabalharem na Câmara dos Vereadores de Goiatuba. Essas pessoas ocupavam cargos em comissão do primeiro, segundo e terceiro escalão. A Polícia Civil constatou, entretanto, que tais servidores jamais desempenharam as atividades remuneradas e que seus proventos eram destinados, parcial ou integralmente, em proveito do vereador que as indicou para o cargo comissionado.

Publicidade

continuação da matéria…

Somados os valores dos outros funcionários indicados pelo vereador investigado, que não realizaram a função para a qual foram nomeados, os valores chegam a R$ 450 mil.

Os desvios de verba pública somente foram possíveis porque houve anuência de outros dois vereadores que exerciam funções de controle e chefia dentro da Casa Legislativa, razão por que também serão responsabilizados pelos crimes apurados.

Além dos políticos mencionados, foram também indiciados cinco particulares envolvidos no esquema fraudulento, pela prática de peculato, cujas penas máximas somadas superam 12 anos de reclusão. O inquérito policial concluído nesta quarta-feira (30/12) será remetido ao Poder Judiciário para as providências processuais cabíveis.

Publicidade

Sobre marcelo

Meu nome é Marcelo José de Sá, sou o Diretor-Presidente e Editor-Geral do jornal Espaço. Nascido em 30 de março de 1969. Vivi grande parte da minha vida no município de Ceres; cidade ao lado da minha querida cidade de Rialma, onde está a sede do jornal Espaço, que envolve o site do jornal Espaço: www.jornalespaco.com. Peço a gentileza de todos acessarem este importante site, não só aqui no Brasil, mas em todo o mundo. A interpretação deste meio mundial de comunicação junto a toda humanidade é a de informar informações que ocorrem corriqueiramente em Rialma e nos demais estado e municípios do Brasil e do mundo. Noticiar sempre em primeiro plano a realidade dos acontecimentos. Evitar contradições com os demais meios que fugirem da ética profissional e nunca envolver com a corrupção. Levar as notícias no momento dos acontecimentos acontecidos. Nosso maior propósito. Deus.

Veja também

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás / Presidência: Gestão de Lissauer na Alego já economizou R$ 25 milhões

Foto: Ruber Couto Valor corresponde ao percentual de 20% estabelecido no plano de contingenciamento adotado …