A huge collection of 3400+ free website templates JAR theme com WP themes and more at the biggest community-driven free web design site
Início / Destaque / Golpe: Mulher é presa suspeita de praticar golpe de R$ 50 mil contra casal de idosos

Golpe: Mulher é presa suspeita de praticar golpe de R$ 50 mil contra casal de idosos

Mulher é presa suspeita de praticar golpe de R$ 50 mil contra casal de idosos

Mulher foi presa pela Polícia Civil Foto: Reprodução

Suspeita é investigada por ter causado prejuízo a casal de idosos em Campo Grande (MS) e forjar um contrato de compra e venda de um veículo automotor no valor de R$ 60 mil. Mulher foi presa em uma academia de ginástica, em Goiânia, e é investigada por receber R$ 50 mil em sua conta 

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu uma mulher de 29 anos no setor Central, em Goiânia e um homem de 35 anos suspeitos de aplicarem um golpe contra um casal de idosos fazendeiros, que residem em Campo Grande (MS). O prejuízo causado aos idosos foi de aproximadamente R$ 80 mil.

Publicidade

continuação da matéria…

O crime praticado contra os idosos é o de estelionato e envolve a engenharia social, mais conhecida como “golpe do novo número”. Segundo a Polícia Civil, tudo começou no dia 11 de dezembro, quando as vítimas, acreditando que era um pedido da sua filha, médica, via WhatsApp, efetuaram dois depósitos nas contas indicadas pelos criminosos, um no valor de R$ 30 mil e outro no valor de R$ 50 mil.

O argumento usado pelos criminosos era de que “a filha” estava comprando um equipamento para a clínica médica onde trabalha, porém não estava conseguindo finalizar a compra por falha no aplicativo do banco. Como forma de enfatizar que o pedido era da filha, os criminosos usaram a fotografia da mesma no número de WhatsApp utilizado.

Segundo a PC, a mulher presa hoje em uma academia de Goiânia e que não teve o nome divulgado, teria recebido R$ 50 mil em sua conta, e, após receber uma ligação do banco para justificar o valor em conta, ela e o homem teria forjado um contrato de compra e venda de um veículo automotor no valor de R$ 60 mil. O contrato era falso, pois as partes e o objeto não existiam.

Publicidade

continuação da matéria…

Durante o interrogatório, a mulher confessou o crime e disse ter sido procurada por um desconhecido no Facebook, e que recebeu R$ 200 por ter emprestado sua conta para a transferência dos R$ 50 mil. Além da falsificação de documento particular, ela responderá, também, por estelionato. O contrato falso foi apreendido durante o cumprimento do mandado de prisão temporária.

As prisões aconteceram no final da última semana. Com a prisão da mulher, que não teve o nove divulgado, o GREEF da Deic acredita ter colocado na cadeia todos os integrantes da organização criminosa, já que outros seis suspeitos já tinham sido presos em ações anteriores, três deles, na semana passada.

Sobre marcelo

Meu nome é Marcelo José de Sá, sou o Diretor-Presidente e Editor-Geral do jornal Espaço. Nascido em 30 de março de 1969. Vivi grande parte da minha vida no município de Ceres; cidade ao lado da minha querida cidade de Rialma, onde está a sede do jornal Espaço, que envolve o site do jornal Espaço: www.jornalespaco.com. Peço a gentileza de todos acessarem este importante site, não só aqui no Brasil, mas em todo o mundo. A interpretação deste meio mundial de comunicação junto a toda humanidade é a de informar informações que ocorrem corriqueiramente em Rialma e nos demais estado e municípios do Brasil e do mundo. Noticiar sempre em primeiro plano a realidade dos acontecimentos. Evitar contradições com os demais meios que fugirem da ética profissional e nunca envolver com a corrupção. Levar as notícias no momento dos acontecimentos acontecidos. Nosso maior propósito. Deus.

Veja também

Assembleia Legislativa do Estado de Goiás / Presidência: Gestão de Lissauer na Alego já economizou R$ 25 milhões

Foto: Ruber Couto Valor corresponde ao percentual de 20% estabelecido no plano de contingenciamento adotado …